Porto vai ter uma Cascata de São João construída por toda a gente
24-05-2019
A Câmara do Porto, através da PortoLazer, volta a promover este ano a construção de uma cascata comunitária de São João. O projeto, que vai já para a sua terceira edição, pretende reavivar a memória de um dos símbolos mais tradicionais desta festa secular. E todos estão convidados a participar.
Junho é o mês dos santos populares e no Porto já se prepara mais um São João. A cascata é um dos símbolos mais tradicionais desta festa e a sua materialização apela às memórias das gentes da cidade. 

Desde 2017 que a Câmara do Porto promove a construção de uma cascata comunitária, numa iniciativa aberta e disponível a toda a cidade. O objetivo é não só contribuir para a preservação das tradições e expressões mais populares do Porto, como também afirmar a identidade da cidade perante os seus mais variados públicos. 

Esta cascata terá ainda a capacidade de perpetuar os elementos criados por cada um dos participantes, uma vez que as "casinhas e figuras" trabalhadas ao longo das várias oficinas abertas serão depois exibidas em espaço publico.

Este ano, a criação vai nascer em pleno Mercado Temporário do Bolhão. A inauguração está prevista para o dia 13 de junho.

Como ponto de partida comum, será solicitado a todos os participantes que construam uma "casinha" inspirada nas suas memórias da cidade. Será também identificado um conjunto de figuras tradicionais que fazem parte integrante da Cascata de São João.

A expetativa é que a cascata possa integrar este ano cerca de 500 peças, que serão concretizadas ao longo de 10 oficinas gratuitas, entre os dias 3 a 7 de junho, nos seguintes locais e horários:

> Dias 3, 4, 5, 6 e 7 de junho: das 10h00 às 13h00, no Mercado Temporário do Bolhão (sem necessidade de inscrição, com admissão será feita mediante ordem de chegada, dentro das capacidades do espaço);

> Dias 3, 4, 5, 6 e 7 de junho: das 17h00 às 19h00, na Oficina Brâmica, na Rua de Santo Isidro, 181 (requer inscrição e confirmação, através do email termarbranco@gmail.com).

Antes, e aproveitando a realização da Festa da Criança, os mais pequenos serão também desafiados a construir e a decorar a sua "casinha", ao longo de quatro oficinas que decorrerão na Quinta do Covelo, nos dias 1 e 2 de junho, das 10 às 13 horas e das 15 às 18 horas.

As "casinhas" e outros elementos alusivos à cascata serão feitas em grés através da técnica da ocagem e modelagem, sendo coloridas com as cores habitualmente utilizadas na cidade, nomeadamente, azul-cobalto, branco, amarelo ocre, verde e o vermelho ferrugem através da técnica do engobe.