Já abriu a Feira do Livro do Porto
01-09-2017
Numerosos autores de várias nacionalidades vão marcar presença numa edição de homenagem a Sophia de Mello Breyner Andresen. Às bancas de livros associa-se uma vasta programação de acesso gratuito.
Ao meio-dia desta sexta-feira, 1 de setembro, abriu ao público, nos Jardins do Palácio de Cristal, a edição de 2017 da Feira do Livro do Porto. Ainda que Sophia de Mello Breyner Andresen seja o grande vulto a celebrar até 17 de setembro, este primeiro dia é dedicado também a José Saramago: uma performance comemorativa dos 25 anos de "Memorial do Convento" estreia logo à noite o capítulo das sessões de spoken word que Anabela Mota Ribeiro comissaria, integradas no programa da Feira.
 
Três horas antes da sessão, às 19 horas, é inaugurada na Galeria Municipal do Porto (no interior dos jardins) a exposição de arte contemporânea "Quatro Elementos", que explora a temática da obra de Sophia. A exposição, comissariada pela Câmara do Porto, conta com quatro curadores, cada um deles responsável por um Elemento: Ana Luísa Amaral, Água; Eduarda Neves, Terra; Pedro Faro; Fogo e Nuno Faria, Ar. A mostra desenvolve-se a partir de quatro projetos e linguagens curatoriais, que trabalham os quatro elementos naturais de forma isolada, ou contaminada.
 
Amanhã, sábado, às 18,30 horas, é descerrada a placa que atribui uma tília à poeta portuense, na sequência do realizado em anos anteriores com Vasco Graça-Moura, Agustina Bessa-Luís e Mário Cláudio. Logo de seguida, Ana Luísa Amaral, Frederico Lourenço e Miguel Sousa Tavares dão vida ao primeiro dos debates comissariados por José Eduardo Agualusa para esta Feira do Livro, sob a emblemática frase de Sophia "A terra O sol O vento O mar / São minha biografia e são meu rosto". A sessão integra também o ciclo municipal "Um Objeto e Seus Discursos por Semana".
 
Também no sábado, a Galeria Municipal abre ao público a exposição "O Anjo de Timor e outras histórias - ilustrações para Sophia", que alia a grandeza poética das palavras da escritora à força pictórica das imagens de Graça Morais e Júlio Resende.
 
Ao longo de 17 dias, a Feira do Livro do Porto evocará ainda António Nobre, Óscar Lopes, Clarice Lispector, Raul Brandão, David Mourão-Ferreira, Carlos Drummond de Andrade, Ana Hatherly e Tarkovski, entre muitos, e contará com presenças de vulto internacional, como o escritor francês Laurent Binet (vencedor do Prémio Gouncourt em 2010 com "HHhH"), a sul-coreana Han Kang (vencedora do Man Booker Internacional, com "A Vegetariana", em 2016) e o autor Teju Cole, de dupla nacionalidade, nigeriana e norte-americana.
 
Com entrada livre em todos os eventos, o certame oferece um total de oito debates, quatro sessões de spoken word, seis lições sobre escritores de língua portuguesa, seis sessões de cinema, sete sessões especiais (incluindo teatro, colóquios e mais debates), a par de variadas iniciativas do Programa Educativo e do Programa de Animação.
 

HORÁRIO
Abertura:
- De segunda a sexta-feira: 12 horas;
- Sábado e domingo: 11 horas;
Encerramento:
- De segunda a sábado: 23 horas;
- Domingo: 21,30 horas.