Frente Atlântica do Porto acolhe Campeonato Europeu de 49er
16-04-2015
De 4 a 12 de julho, os melhores velejadores do mundo da classe olímpica 49er vão competir pelo título europeu na Frente Atlântica do Porto, naquele que será o primeiro projeto desportivo internacional a envolver os municípios do Porto, Gaia e Matosinhos.

Apresentado oficialmente esta quinta-feira, na Douro Marina, o Campeonato Europeu de 49er Porto 2015 terá um duplo aliciante: atribuir o título europeu e ainda servir de prova de seleção para as tripulações que aspiram a disputar os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, no próximo ano.

A organização, repartida pela Academia de Vela BBDouro e pela Douro-Marina, aponta para a participação de mais de uma centena de embarcações e de cerca de 250 velejadores de 30 nacionalidades, no conjunto das três classes em competição: 49er (tripulações masculinas), 49er FX (tripulações femininas) e 49er FX Open (tripulações mistas).

Considerada uma das mais rápidas da frota olímpica, a embarcação 49er (o nome deve-se ao facto da embarcação ter um comprimento der 4,99 metros) é composta por dois velejadores (um timoneiro e um proeiro) e utiliza três velas com diferentes dimensões. Em condições extremas de vento, pode atingir os 50 km/h.

As principais esperanças lusas num bom resultado estão concentradas na dupla Jorge Lima/José Costa, já qualificada para os Jogos do Rio2016. Depois do 5.º lugar no Campeonato Mundial do ano passado, os atletas portugueses aspiram agora a um lugar no pódio a nível europeu. "Queremos defender as cores da bandeira portuguesa ao mais alto nível e retribuir o carinho do Porto com um bom resultado. O estuário do rio Douro, da Foz até Leixões, é sem dúvida um local privilegiado para navegar e para quem gosta de assistir a provas de vela", explicou José Costa.

O Campeonato da Europa de 49er Porto 2015 decorrerá ao longo de oito dias, em quatro campos de regatas desenhados em frente às praias de Matosinhos, Porto e Gaia. O estuário do rio Douro, entre a Foz do Porto e a zona de Afurada, acolherá as regatas para a atribuição das medalhas de ouro.

Para o presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, o Europeu de 49er "é uma oportunidade única para relançarmos os desportos náuticos, e em particular a vela, na Frente Atlântica do Porto, mas também um excelente exemplo de como é possível colocar três cidades a trabalhar em conjunto, partilhando sinergias e garantindo uma melhor utilização de recursos públicos".

Guilherme Pinto, presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, realçou o facto de o Europeu 49er ser "a primeira iniciativa da Frente Atlântica relacionada com o mar", considerando essa condição "um sinal importante", pois a região "tem condições únicas e pode crescer e ganhar ainda mais escala com estes eventos de dimensão internacional".

Também Eduardo Vítor, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, considerou que a prova vai contribuir para unir e congregar a região, que engloba mais de um milhão de habitantes, por ser um evento de grande potencial e que vai atrair um número significativo de visitantes às três cidades que formam a Frente Atlântica do Porto.